quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Taça Brasil e Robertão: Brasileirão?

CBF oficializa a unificação dos títulos brasileiros da Taça Brasil e do Robertão. Certo ou Errado?


No dia 13 de Dezembro de 2010, a CBF anunciou a unificação dos títulos brasileiros, e a oficializou em uma cerimônia no Rio de Janeiro nesta manhã de quarta-feira, dia 22 de Dezembro de 2010. Alguns comemoravam e outros se revoltavam com a decisão da entidade. Os mais felizes eram os santistas e palmeirenses, que com essa unificação passaram a serem octacampeões. E seria essa a decisão mais correta?

Deixando o sentimento de torcedor de lado, creio que a CBF agiu corretamente. O primeiro motivo para isso é que na época da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa, o campeão desses campeonatos eram tratados como Campeões Brasileiros. Conforme declarações de jogadores como Ademir da Guia e Pelé, grande rivais na época de Palmeiras e Santos, disseram que relamente ganhar a Taça Brasil ou o Robertão era se tornar Campeão Brasileiro, valia como o Brasileirão.

Segundo, como disse João Havelange na cerimônia de hoje no Rio de Janeiro, reconhecer o passado é respeitar aqueles que fizeram a nossa história.

Saiba mais da Taça Brasil e do Torneio Roberto Gomes Pedrosa:

TAÇA BRASIL

Por determinação de João Havelange, então presidente da Confederação Brasileira de Desporto (CBD, atual CBF), o torneio foi criado para definir o representante brasileiro no Campeonato Nacional de Clubes (atual Libertadores). Os times de Rio de Janeiro e São Paulo entravam nas fases decisivas. O campeonato era disputado em sistema de mata-mata. A primeira edição ocorreu em 1959. O campeão foi o Esporte Clube Bahia, que bateu o Santos na final. Os campeões seguintes foram: Palmeiras (60),  Santos (61/62/63/64/65), Cruzeiro (66), Palmeiras (67) e Botafogo (68).

TORNEIO ROBERTO GOMES PEDROSA

Em realidade, o Torneio Rio-São Paulo tinha este nome, o que sugere que o Robertão foi um aperfeiçoamento da competição reginal. Sua primeira edição ocorreu em 1967, e teve o Palmeiras como campeão. Por sinal, o Palmeiras havia ganho a Taça Brasil neste mesmo ano, o que renderia dois títulos nacionais em apenas um ano. Entre os anos de 67 e 68, o Robertão foi disputado em paralelo à Taça Brasil. De 68 até 70, também foi conhecido pelo nome de Taça de Prata. Os campeões do Roberto Gomes Pedrosa foram: Palmeiras (67), Santos (68), Palmeiras (69) e Fluminense (70).
 
E vocês, o que acham da decisão da CBF em relação a unificação dos títulos brasileiros?

5 comentários:

Ana Fernandes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Romário Sousa disse...

Legal!

futebolpremierleague.blogspot.com

Opinião do Carvalho disse...

Carlos, acho que o grande enigma é descobrir o que há de podre no Palmeiras.
No Vasco, no próprio Flamengo é fácil saber, mas aí no Verdão, eu aqui de longe não consigo descobrir o que impede o clube de reviver senão as glórias da penúltima década, tempos mais dignos.
Abração e sorte para o Futebol Rio-Sp!

Rodrigo Carvalho

Anônimo disse...

Justa unificação coloquem no GOOGLE "SABATINA SOBRE A TAÇA BRASIL" vcs vão ver que a taça brasil e o roberto gomes pedrosa tiveram a mesma importancia que os brasileirões pós 1971 através das repercussões da imprensa da época.

Anônimo disse...

Justa unificação coloquem no GOOGLE "SABATINA SOBRE A TAÇA BRASIL" vcs vão ver que a taça brasil e o roberto gomes pedrosa tiveram a mesma importancia que os brasileirões pós 1971 através das repercussões da imprensa da época.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails